O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 HOME
 NOSSA HISTÓRIA
 INFRA-ESTRUTURA
 ANIMAIS A VENDA
 VENDA DE COBERTURAS
 GALERIA DE FOTOS
 OVINOS
 CAPRINOS
 ÚLTIMAS PREMIAÇÕES
 VÍDEOS
 EVENTOS
 CURIOSIDADE
 PUBLICAÇÕES
 LOCALIZAÇÃO
 AGRADECIMENTO
 FOTO DA SEMANA

Lenda do Jumento Pega

 

Existe uma lenda de que a origem do jumento pêga vem dos tempos do império romano. Dizem que quando Jesus Cristo nasceu e, Maria e José tiveram que fugir com ele. Jesus, no colo de Maria, foi carregado por um jumento e, durante a trajetória, urinou no lombo do animal resultando na conhecida faixa crucial que é uma das mais marcantes características dessa raça de asininos e muares.

Padrão da Raça Pêga

Aparência Geral:

Pelagem:
Pelagens da raça (pelo de rato, ruã, ruça) sempre com “faixa crucial” e “listra do burro”. Admite-se sinalização somente no frontal.

 

Altura:
Para machos a mínima de 1,25
Para fêmeas a mínima de 1,20

 

Peso:

Para machos um mínimo de 220 Kg.

 

Forma:
Porte médio, tronco relativamente longo e profundo, tórax amplo, membros bem aprumados e proporcionais.

 

Constituição:
Forte e de condições sadias.

 

Qualidade:
Ossatura forte e boas articulações, pele fina, coberta por pelos finos.

 

Temperamento:
Vivo e de expressão franca.

 

Cabeça e Tronco

 

Cabeça:
seca, proporcional, despontada para o focinho.

 

Perfil:
sub-convexo para retilíneo

 

Olhos:
Pequenos, vivos e expressivos

 

Orelhas:
Grandes, firmes, bem dirigidas, paralelas, de largura média, textura fina, lanceoladas ou atezouradas.

 

Boca:
Rasgada lábios móveis e finos.

 

Narinas:
Largas e flexíveis.

 

Pescoço:
Proporcional e musculoso, sem ser empastado, bem inserido à cabeça e ao tronco.

 

Cernelha:
Definida e comprida, de largura proporcional e musculosa, de preferência em nível com a garupa.

 

Peito:
Profundo, amplo e não saliente.

 

Dorso e Lombo:
Dorso médio e lombo curto, retos, revestidos de boa musculatura.

 

Costelas:
Fortes, separadas e bem arqueadas.

 

Ancas:
Simétricas e musculosas.

 

Garupa:
Comprida, larga, bem inserida ao lombo e ligeiramente inclinada.

 

Cauda:
Curta, bem inserida, limpa, pelos reduzidos, inserção média.

 

Órgãos Genitais:
Testículos descidos, volumosos, iguais e movei no interior da bolsa.

 

Membros

 

Espáduas:
médias, musculosas e oblíquas.

 

Braços:
Fortes, secos e articulados, com antebraços retos, longos e musculosos.

 

Joelhos:
Grandes e na mesma direção do antebraço.

 

Coxas e Pernas:
cheias e musculosas.

 

Jarretes:
Secos, bem articulados e aprumos perfeitos.

 

Canelas:
curtas, finas e isentas de taras.

 

Boletos:
largos e bem articulados.

 

Quartelas:
médias, oblíquas e bem articuladas.

 

Cascos:
resistentes, de preferência escuros com muralha lisa, talões altos nos mebros e posteriores.

 

Andamento:
Marcha em toda sua modalidade

 

Desclassificação

 

De pelagem:
Albinóide, despigmentação das orelhas, bem como calçamentos, filetes, cordões e listras. Ausência de listra do burro e faixa crucial.

 

De temperamento:
Vícios considerados graves e transmissíveis

De conformação:

  • Cabeça- curta, de perfil côncavo ou ultra convexo;
  • Orelhas- Mal inseridas e dirigidas (cabanas);
  • Lábios- Relaxamento das comissuras ( belfo );
  • Pescoço- De cervo ou Cangado;
  • Linha dorso-lombar – Cifose (de carpa), lordose (selado) e escoliose (desvio de colunas), quando hereditárias;
  • Membros- Taras e defeitos graves de aprumo;
  • Cascos- totalmente brancos;
  • Aparelho Genital- Defeitos congênitos, hereditários ou aparentes;
  • Animais com altura da garupa 5 cm superior a da cernelha;
  • Prognatismo, quando ultrapassar a face triturante da arcada dentária;Doenças congênitas, hereditárias e transmissíveis;
  • Trote.

 


Deus e a mulinha

Uma mulinha dentro da barriga da égua pronta para nascer pergunta a Deus :
Amanha o senhor vai me mandar enviar a terra e eu vou nascer , como eu vou viver lá sendo tão pequena e indefesa.

E Deus disse : Entre muitos anjos escolhi um especial para você , estará lhe esperando para  te cuidar
A mulinha perguntou a Deus: senhor aqui no céu sou feliz , não faço nada a não ser pastar e correr . Serei feliz lá  na terra ?
E Deus disse : Seu  anjo ira tratar e escovar  você a  cada dia  e a cada instante sentira o amor do seu anjo e  será feliz.
A mulinha perguntou á  Deus : Como saberei quando falarem comigo se eu não conheço a língua que as pessoas falam
E Deus disse : Com muita paciência e carinho seu anjo lhe ensinara compreender sua linguagem.
A mulinha pergunta a Deus : Eu ouvi dizer que  na terra há homens maus, quem  me protegera ?
E Deus disse : Seu anjo te defendera mesmo que arrisque sua própria vida.
A mulinha responde : Eu serei sempre triste porque não te  verei mais.
E Deus responde : Eu estarei sempre com você nesses momentos , mas uma grande luz e as  vozes da terra já podem ser ouvidas a Mulinha estava nascendo apressada e pediu suavemente , ho Deus se eu estiver na hora de ir para terra diga-me por favor o nome  do meu anjo.
E Deus respondeu : Você chamara seu anjo de MULADEIRO


 

 

Copyright © 2020 Criatório Campeãs de Gameleira.
Todos os Direitos Reservados.